Home > Notícias do Brasil
Discurso do Embaixador Li Jinzhang na Recepção do Ano Novo de 2018
2018/03/06

Prezados convidados, compatriotas,

Caros amigos,

Boa noite a todos! Hoje é o Festival das Lanternas, e também a primeira noite com lua cheia do ano lunar chinês. É o dia que marca a chegada da primavera no hemisfério norte. Nessa ocasião, os chineses celebram festividades diversas como expressar os votos de felicidade, unir a família, comer yuanxiao, uma doce especial para essa data. Aproveitando este momento, minha esposa e eu gostaríamos de desejar a todos, um Ano do Cachorro repleto de alegria, realizações e prosperidade!

Este é o sétimo Ano Novo Chinês que passo no Brasil e noto que a data está cada vez mais presente nesta terra. Neste ano, o Festival da Primavera praticamente coincidiu com o Carnaval. Duas semanas atrás, a escola Império Serrano desfilou com o tema “O Império do Samba na Rota da Seda”, com carros alegóricos decorados ao estilo chinês. Foi uma bela representação carnavalesca da festividade chinesa e uma perfeita interpretação da amizade entre os dois povos. Na semana passada, São Paulo foi palco de uma grande festa para receber o Ano do Cachorro, mais de 250 mil pessoas, entre chineses e brasileiros, celebraram a chegada de um novo ano. Hoje, à beira do Lago Paranoá, estamos com vocês, queridos compatriotas e caros amigos, para compartilhar a alegria e a felicidade de um momento em que um ciclo se encerra e outro se inicia.

O ano passado foi de grandes realizações para a China. O bem-sucedido 19º Congresso do Partido Comunista Chinês abriu uma nova era rumo a construção dum grande e moderno país socialista. O PIB chinês cresceu 6,9% para chegar a 12 trilhões de dólares americanos e o padrão de vida da população melhora a cada dia. O Fórum para a Cooperação Internacional do Cinturão e Rota traçou estratégias e planos para a cooperação internacional. A China, o Brasil e outros países participantes transmitiram uma voz firme de desenhar um novo modelo de globalização. Já a Cúpula do BRICS em Xiamen iniciou a segunda década de ouro do bloco. Na esfera bilateral, a cooperação substancial entre a China e o Brasil conheceu uma maior expansão. O comércio movimentou 87,5 bilhões de dólares americanos, com uma alta de 30% em relação ao ano anterior, e o estoque do investimento chinês no Brasil já está na faixa de 50 bilhões de dólares americanos.

O ano que se inicia agora é ainda mais promissor. Trata-se do primeiro ano de implementação das diretrizes elaboradas no 19º Congresso do Partido Comunista Chinês, e comemorar-se-á o quadragésimo aniversário da política de Reforma e Abertura da China. Amanhã, o Parlamento da China vai iniciar suas sessões anuais. Com novas reformas, novos objetivos e novas instituições, e sobretudo com o projeto da emenda constitucional e propostas de reforma institucional do Partido e do governo, o evento vai proporcionar uma sólida garantia para construir um país socialista moderno, potente, próspero, democrático, civilizado e harmonioso. Ao mesmo tempo, Brasil enfrentará novas oportunidades para consolidar a tendência de retomada de seu crescimento econômico. A primavera é a estação para lançar sementes. Com os esforços de ambos os lados, vamos aproveitar as oportunidades e superar os desafios, e colheremos uma ótima safra nas nossas relações.

Caros compatriotas e amigos,

“O tempo corre e a vida se renova a cada dia”. É o momento de nos darmos as mãos, confiantes e esperançosos, para trabalhar por uma vida melhor e avançar em direção a um futuro ainda mais promissor das relações China-Brasil!

Obrigado!

Suggest To A Friend:   
Print